quinta-feira, 5 de abril de 2007

ALFABETO LATINO


Com a destruição de Cartago, no ano 146 antes da era comum, ficou eliminado o último grande rival que disputava com Roma a supremacia do Mediterrâneo e a responsabilidade pela cultura européia ocidental passou, definitivamente, para a Itália.

O alfabeto romano foi herdado dos gregos e outros povos. A literatura latina enriqueceu-se enormemente, ao incorporar traduções da literatura grega do século III da era comum, convertendo-se, desse modo, na novas grande língua literária.
Os monumentos romanos reproduzem um alfabeto, já formado e completo, desde a segunda metade do século IV da era comum. No início, compunha-se de 23 letras e, depois, foram incorporadas mais duas. Apenas três letras, que não figuravam no antigo alfabeto romano, figuram no alfabeto moderno:
o J, que se desenvolveu a partir do I;
o U e o V, que provê, do antigo V,
e o W, que apareceu na escrita anglo-saxônica, durante o século VII da era comum.

FONTE DO MAPA DA ITÁLIA:
FONTE DA IMAGEM DO ALFABETO LATINO:

Um comentário:

peter k disse...

Parabens pelo seu trabalho de pesquisa documental e gráfico.
Haja paciencia!Estou dando esta opinião como curioso e não como seu marido. Minha nota é 1000000000